Login |  Promoções | Cadastre-se

Obrigado por sua visita! Seja sempre bem vindo(a)!
Online desde 18/09/2000
Cursos Online de Nautimodelismo - Modelismo Naval R/C
Rebocador Mite Yate Laura B Pesqueiro Artur Lancha Syntetic
Lancha PT-596
Veleiro Bruma Lancha Chris Craft Constellation Empurrador Hulk Veleiro Ncr-65 Lancha Chris Craft Kids Pesqueiro Guaruba Traineira Nauticurso Lancha Planek Rebocador Rodrigo
Mite
Laura B
Artur
AV-SC95
PT-596
Bruma
C. Craft
Hulk
NCR-65
CC Kids
Mares
Guaruba
Traineira
Planek
Rodrigo
Madeiras para modelismo Acessórios/Fittings Kits completos Fiberglass-moldes silicone

Informações Técnicas

Iniciação ao Modelismo Naval - Nautimodelismo

 Por definição todo modelo que procure representar um navio, nave ou simplesmente um barco a remos, é considerado um modelo naval (nautimodelo). Por extensão considera-se como modelo naval todo conjunto ou peças que apresente aparência de navio ou uma instalação ou cena de tipo nautico ou marinheiro, como seja um diorama representando a vida a bordo ou uma instalação portuária,  isto apenas como exemplo. 

Os modelos navais são quase tão antigos como a própria humanidade. Recordemos com efeito os modelos de naves que foram encontrados nos túmulos dos faraós egípcios, se bem que ali estivessem por motivos religiosos.

O próprio modelo navegável pode ser considerado como pertencente a épocas passadas, pois pensando com certa lógica, não se pode evitar pensar que algum modelo de navio caísse em mãos infantis, as quais se apressariam a colocá-lo na superfície da água ou pia ou mesmo um tanque mais próximo.

Atualmente os modelos navegáveis reduzem-se maioritariamente apenas a três usos diferentes: Simulações, Experiências, Lazer/Hobbie.

OS MODELOS DE EXPERIÊNCIAS são aqueles que se constroem para serem submetidos a uma série de provas em canais hidrodinânicos, ou instalações adequadas e cujo objetivo é adquirir conhecimento da navegação e condições marinheiras sem necessidade da construção real.

OS MODELOS DE SIMULAÇÃO são os usados em quaisquer das múltiplas ocasiões em que se precisa reproduzir um determinado momento, seja ele histórico ou não mas mesmo assim sem se chegar a posse de um navio real. 

OS MODELOS DE LAZER/HOBBIE são aqueles que se constroem para pura distração/diversão e cuja finalidade é a de recrear com a sua navegação ou mesmo somente apreciá-lo, adquirindo ou aplicando na sua construção conhecimentos e técnicas que proporcionem um agradável passatempo.

Se bem que todo modelo de navio que possa flutuar por si só, sem afundar seja suscetível de ser chamado de navegável. Propriamente os navegáveis são aqueles em que se reúnem um mínimo de condições marinheiras que lhes permitem navegar sem muitos riscos em lugares adequados ao seu porte e tamanho. Assim, um modelo, para poder ser considerado como verdadeiramente  navegável, deverá ser construído com materiais idôneos, com um poder de flutuação, propulsão e motorização suficiente e com forma de casco que permitam a navegação em condições de mar e vento reais, que a escala de construção não constitua risco a integridade do modelo.

Antes do aparecimento da moderna  micro eletrônica, eram muito poucos os modelos navegáveis rádio controlados. O habitual eram navios navegáveis com LEME CATIVO,  programado ou simplesmente com rumo livre, no que se refere a propulsão mecânica, e comandados por veleta ou aparelhos de retorno tais como a vara de madeira nos de propulsão eólica (vento). Atualmente tendo os equipamentos de rádio controle chegado a níveis de perfeição, miniaturização e baixo preço, quase ninguém pensa em construir ou possuir um nautimodelo navegável que não seja radio controlado.

Um dos Primeiros R/C empregados no modelismo, trata-se de um equipamento da marca Graupner adquirido em 1957 na loja de Hermann Kurtz  em Sttutgart - Alemanha.

   

TIPOS DE MODELOS 

Dentro do extenso aglomerado que constituem os diversos modelos de navios rádio-controlados, pode ser feita uma classificação à sua aparência, respeitando a sua natureza e tipo de uso a que se destinam: assim, podemos falar de modelos a escala, livres e de velocidade. Falar de Competição ao invés de velocidade não seria suficientemente preciso, já que, iremos vendo existem competições de modelos a escala.

MODELOS A ESCALA

Estes modelos são exatamente isso: modelos de um navio real, construídos a uma escala determinada e de tal modo que reproduzam com máxima fidelidade todos e cada um dos detalhes do navio original.

Dentro desta denominação englobam-se as reproduções de todos os navios que navegam ou navegaram, abrangendo então a este grupo todos os tipos de navios de guerra, mercantes ou esportivos, construídos segundo seu condicionamento básico: a fidelidade à escala e ao original.

MODELOS LIVRES

Os modelos livres são aqueles realizados mais ou menos livremente a partir de algo concreto ou absolutamente ao arbítrio do construtor. Nesta área são incluídos desde aqueles modelos que tem uma vaga aparência de algum modelo navegável até aqueles que particularmente podem ser considerados como uma versão de um navio real, tirado de uma fotografia ou gravura e cuja semelhança é pura coincidência. Também englobará aqueles modelos construídos com grande esmero e detalhes, mas que por serem produto da imaginação do construtor, não se pode dizer que sejam uma réplica de um original, se bem que ao seu lado não desmereça em absoluto.

MODELOS DE VELOCIDADE

São chamados “recers” ou modelos de velocidade. Neste tipo de embarcações tudo se subordinou apenas a velocidade. Na maior parte das vezes são verdadeiros Fórmulas 1 da velocidade e constituem expoentes das aplicações técnicas mais acertadas e dos mais experimentados conhecimentos. Neste grupo encontram-se os modelos utilizados em competições de velocidade e os que são completamente funcionais.

Normalmente, reduzem-se a um simples casco com complicadas e estudadas formas hidrodinâmicas, propulsionadas por poderosos motores de explosão ou elétricos, capazes de alcançar altas velocidades, da ordem dos 40 a 80 km p/hora ou inclusive mais, chegando a recordes de 250 km p/ hora.

A COMPETIÇÃO

O pequeno mundo da competição é algo que por si só constitui uma família à parte, No modelismo naval navegável podem-se encontrar dois tipos diferentes de competição: a competição efetuada com modelos a escala ou a semi-escala e a que é realizada com protótipos, racers ou modelos de velocidade. Apesar de na prática terem vindo a classificar-se em dois modos diferentes: modelismo naval navegável e motonáutica rádio-controlada, já no que respeita a sua parte construtiva, o assunto somente varia no conceito e vamos considerá-los como modelos navais navegáveis rádio-controlados. Apenas quando chega o momento de comentar as instituições deveremos aclamar ambas as posições.

Quando no final da década de 50 e princípio dos anos 60 começaram a aumentar em todo o mundo os praticantes dos navegáveis, estes se viram na necessidade de agrupar-se e organizar, a fim de obterem todas as vantagens de pertencerem a uma organização, seja ele um simples clube ou organização, ou até mesmo uma federação. O fato de existir uma federação mundial de modelismo naval, chamada NAVIGA, com sede em Viena, fez com que todos os modelistas de navegáveis nela se filiassem através das correspondentes entidades nacionais Quando as competições de lanchas a motor alcançaram níveis mundiais, muitos dos pilotos chegaram à conclusão de que a oportuna federação de motonáutica melhor defenderia seus interesses, já que, o que faziam não deixava de ser competições motonáutica a escala reduzida e como tal nela se filiaram, provendo-se das oportunas licenças esportivas.

Existem hoje várias categorias de competição para nautimodelos e lanchas. Para não aborrecer desnecessariamente com números e siglas identificativas, vamos comentar em geral as várias categorias mais habituais ou maioritariamente praticadas a nível mundial (EXCLUSIVAMENTE RÁDIO-CONTROLADAS).

Prova de manobra e atracação.

  

 

 

Estes ítens em DVD não podem faltar em sua coleção, peça já o seu!!

DVD Nautimodelismo + Aeromodelismo BrindeCurso profissional de marcenaria VOL1Curso profissional de marcenaria VOL2combo marcenaria 1 e 2Curso de fiberglass Laminação e MoldesMoldes em siliconeColetânea 1000 planos de aeromodelismo + 1500 planos elétricosColetânea de 180 planos de nautimodelismo ModernoColetânea de 200 planos de nautimodelismo antigosProjetos e manuais para submarinosSupercoletânea Apostilas, Livros e Ebooks voltados so modelismo navalModelismo em Papel Militares 2dvd de bricolagem reforma, eletrica, construção e jardinagem1 DVD e aprox. 2 Giga bytes de arquivos para modelismo em papelTudo sobre AquarísmoModelismo em Papel Militares 1

Informações

Expedição

 


Todos os direitos reservados nauticurso.com 2013
Dúvidas / Esclarecimentos

Fale Conosco